Colégio Militar – inscrições, cronograma, edital, prova e resultado

Se você é um pai muito preocupado com seus filhos, e acredita que um ensino mais puxado e rigoroso pode ajudar no aperfeiçoamento e conhecimento de seu filho, saiba que o colégio militar é sempre uma ótima alternativa para aqueles pais que desejam que o filho obtenha mais disciplina, por isso saiba aqui nesse artigo como você pode inscrever seu filho(a) no colégio militar.

Cada estado brasileiro tem à sua maneira de ingresso para quem vai entrar no ano letivo em escola ou colégio militar, por isso que é importante que todo jovem saiba que estudar em colégio militar requer atender as disciplinas, ter respeito pelas hierarquias e seguir as regras.

São essas atribuições que acabam atraindo os pais para ter seu filho em um colégio militar renomado, por isso, é importante saber como fazer a admissão para estudar no seu estado de origem.

Há muito tempo, acredita-se e percebe-se que a saída para sérias questões em âmbito nacional e no Mundo, é a Educação. Muitas das vezes, tanto as classes baixas como as médias, não conseguem um ensino realmente de qualidade. Alto índice de evasão colégio, muitos brasileiros ao menos terminaram o Ensino Médio.

As colégios públicas estão lotadas de alunos por sala, professores sobrecarregados e uma gestão pedagógica altamente questionável. Entre uma das alternativas, as colégios Militares estão se tornando uma interessante possibilidade.

Quer saber as informações sobre como botar seu filho em um colégio Militar? Quais pontos positivos e negativos sobre a didática de ensino militar? As instituições e como entrar?

Este artigo foi direcionado a você… Vem com a gente!

Colégio Militar: Pontos fortes e pontos fracos

O problema das colégios públicas, não está apenas no Ensino e verbas. Muitas das vezes, a violência é um grande fator em questões escolares. Percebendo a necessidade de focar esforços nas questões de disciplina, reeducação e organização, se mostra como um forte fator positivo, uma escola gerida por Militares.

Entretanto, diversos estudos pedagógicos apontam uma enorme importância de se ter liberdade, no processo de educação. Até que ponto deve interferir um militar, no processo de instrução de seu filho?

Logo, com a necessidade equilibrar o lado lúdico individual de cada aluno, de maneira a também transpassar disciplina, juntou-se dois setores. Professores e militares. De maneira ao professor ser responsável pelo lado pedagógico e os militares serem responsáveis por organização de entrada, saída, refeitório, filas e medidas de reeducação e postura. Mas este tipo de escola é a chamada cívico-militar.

Uma junção interessante, não?  Para entender melhor, você precisa continuar com a gente!

Quais são as instituições colégio militar?

Antes de continuarmos, gostaríamos que vocês entendessem os dois principais modelos de escola militar que existe no Brasil. Assim, ao conseguir identificar as duas, ficará mais fácil de fazer suas escolhas e entender como se dá todo o processo de entrar para uma escola Militar.

No primeiro e mais antigo modelo, está os Colégios Militares. Ao todo, no Brasil existem 13 colégios Militares, tendo sido criadas nos períodos entre 1950 a 1970. As colégios militares são conhecidas por alta disciplina e por forjar o chamado “cidadão/aluno modelo”. Este tipo de estrutura escolar é mais rígido e conta com  um alto nível educacional.

O segundo modelo de escola Militar é as chamadas Escolas cívico-militar. Neste modelo, todo financiamento para a escola parte de um conjunto entre as Secretarias Estaduais de Segurança Pública e Secretarias Estaduais de Educação. Existem mais de 200 colégios cívico-militares espalhadas pelo Brasil. Em sua maioria, este tipo de escola está localizada em Goiás. E por lá,  os resultados são extremamente positivos.

Como funciona as inscrições?

É importante ressaltar, que assim como os tipos de colégios militares, existem uma variação de  maneiras a se adentrar em desses colégios. Vamos por partes…

Nos chamados Colégios Militares, existem duas maneiras de se ter acesso. Um deles, é sendo filho de Militar. Nesta condição, o pai terá que expor a sua vontade e requerer perante a escola e o quartel, a vaga em questão.

Entretanto, se você não for filho de Militar, ainda lhe resta uma chance. Todos os anos, existe um Concurso entre os alunos que sonham estudar em um dos 13 seletos colégios Militares. Para saber melhor sobre as provas, matérias, datas de inscrição e processo, cada Colégio criou seu método de concurso e datas. Para ficar de olho, basta entrar no site do colégio militar de seu interesse:

  • Colégio Militar de Belém
  • Colégio Militar de Belo Horizonte
  • Colégio Militar de Brasília
  • Colégio Militar de Campo Grande
  • Colégio Militar de Curitiba
  • Colégio Militar de Fortaleza
  • Colégio Militar de Juiz de Fora
  • Colégio Militar de Manaus
  • Colégio Militar de Porto Alegre
  • Colégio Militar do Recife
  • Colégio Militar do Rio de Janeiro
  • Colégio Militar de Salvador
  • Colégio Militar de Santa Maria

Entretanto, se você quiser colocar seu filho em um dos colégios cívico-militar, é um processo totalmente diferente. Em algumas destas instituições, a procura é tanta, que para colocar seu filho em um destes colégios, você terá que participar em uma espécie de sorteio que acontece, geralmente, no mês de janeiro de cada ano.

Em outras colégios cívico-militares, não terá tanta procura, logo, todo processo será feito de maneira idêntica a matrícula fácil de cada região. Você fará a matrícula online, solicitará a escola cívico-militar como de seu interesse e esperará a resposta. Mas vale avisar, que as chances são grandes.

Escola Militar: Uma saída para crise e violência

O que chamamos acima de escola cívico-militar, vem trazendo excelentes resultados no que tange a erradicação de questões envolvendo violência, diminuição na evasão escolar e redução de mau comportamento, para além de gerar alunos comprometidos e melhores notas.

Muitos dos colégios cívico-militares são próximos de áreas atingidas por fatores sociais-econômicos e em um perímetro repleto de violência.  Os resultados são de excelência. As colégios militares parecem ser cada vez mais uma medida paliativa, como medida a colégios com alto número de violência e desobediência, por parte de alunos.

Edital de ingresso para o colégio militar

Cada estado faz o lançamento de seu edital para que os estudantes e os pais fiquem cientes dos requisitos solicitados desde o lançamento do edital até o resultado das provas.

Por isso, que é de suma importância que o colégio militar deixe detalhado todas as informações necessárias sobre: inscrição, datas, provas, conteúdo programático, resultado das provas, matrículas, documentação, requisitos para participar da seleção, ou seja, todas as informações necessárias e de suma importância para os pais, responsáveis e estudantes.

É importante salientar que o edital deve ser lançado dias antes da inscrição iniciar para as provas.

Inscrição, matrícula e admissão 2020

Para aquele pai que tomou a decisão de ver seu filho (a) estudar em colégio militar, cada estado tem a sua forma de ingresso ou a chamada admissão.

É por meio da admissão que o estudante poderá fazer a sua inscrição e disputar uma vaga por meio da prova que será aplicada na data prevista, por isso é importante seguir as recomendações da inscrição para o colégio militar.

São 20 mil vagas ofertadas todos os anos, e participa da inscrição aquele estudante que vai ingressar no 6º ano do Ensino Fundamental ou aquele que vai ingressar no 1º ano do Ensino Médio.

Cada estado lança um edital informando sobre o início das inscrições que são feitas apenas pela internet ou comparecendo na unidade de ensino.

Provas para ingresso do colégio militar

Após o período de inscrições, o que mais vai deixar os estudantes preocupados é apenas com a prova porque ela será decisiva para o ingresso do estudante em um colégio militar.

As provas geralmente são aplicadas de 30 a 40 dias após o período de inscrições e o aluno vai encontra os conteúdos de Português e Matemática, e esse deverá ter um acerto de 50% da prova para ser aprovado.

A prova é aplicada em um domingo definido pelo órgão competente e tem uma duração máxima de 3 horas de prova.

Resultado das provas

Assim como as inscrições, o resultado também tem uma data definida. Por isso, em seu estado confira as informações essenciais e fique atento ao resultado da prova, que vai informar quem foi o aluno contemplado para o ano letivo no colégio militar de seu estado.

Após saber do resultado da prova, é importante que esse estudante faça o comparecimento na unidade de ensino e efetue a sua matrícula junto com a documentação solicitada.

Custos, gastos e retorno: Escola Militar vale a pena?

Em nenhum modelo de escola militar, você pagará a chamada mensalidade. Este tipo de colégios são de gestões públicas. Em algumas delas, será pedido uma taxa de ajuda de custos. Algo em torno de 100 a 300 reais mensais. Vale lembrar que não são valores obrigatórios.

Neste tipo de instituição, seu filho terá um alto custo na compra de uniformes anualmente. O uniforme é símbolo da excelência da tríade aluno, família e escola. Os valores vão se diferenciar, dependendo de escola para escola. Na cívico-militar, os custos serão mais baixos. Porém, nos ditos colégios Militares, o custo em uniforme escolar pode chegar em até 600,00 por ano.

Por fim, ficou notável as grandes possibilidades que rodeiam a gestão militar como escola. Comprovada com bons números, você terá duas opções: Os colégios militares e as colégios cívico-militar. Existem duas maneiras de entrar no Colégio Militar: Sendo filho de militar e requerer esse direito ou fazendo a prova que acontece anualmente. Nos colégios cívico-militar, ocorrem sorteios entre uns. Mas, em algumas instituições cívico-militares as vagas são conseguidas por meio das chamadas “matrícula fácil” de seu município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *